quinta-feira, 22 de abril de 2010

Abigail, a mediadora - 1 Samuel 25

Ela viveu na época de Davi e foi casada com Nabal, cujo nome significa "tolo" em hebraico, e sua vida fez jus ao seu nome!
Nabal era o Saddam Hussein da época, rico e poderoso, precisava de proteção, rude e mau, um pitbull descendente de Calebe, tão mau que ninguém conseguia falar com ele (25:3 e 17). O mundo dele girava em torno dele pois não devia nada a ninguém e ria da idéia de dividir qualquer coisa com alguém. Principalmente com Davi.
Davi e seus 600 soldados protegiam os fazendeiros e pastores contra bandidos e beduínos, fazia a proteção com tanta eficiência que um dos pastores de Nabal disse: "Dia e noite eles eram como um muro ao nosso redor, durante todo o tempo em que estivemos com eles cuidando de nossas ovelhas" (25:16).
Davi e Nabal coabitavam o mesmo território com a harmonia de 2 touros bravos no mesmo pasto, ambos eram fortes e cabeças-duras, era apenas uma questão de tempo para que eles entrassem em conflito.
E os problemas vieram com as ovelhas tosquiadas e o feno colhido, era hora de assar o pão, o cordeiro e beber vinho, dar tempo aos arados e rebanhos e desfrutar do fruto do trabalho, era o que Nabal e seus homens faziam naquele momento.
Davi fica sabendo da festa e acha que seus homens merecem um convite, afinal, eles protegeram as colinas e vales, e merecem um pouco de generosidade. Davi envia 10 homens a Nabal com o seguinte pedido: "Estamos vindo em época de festa, por favor, dê a nós, seus servos, e a seu filho Davi o que puder" (25:8).
Nabal zomba fingindo nunca ter ouvido falar de Davi, comparando-o a servo fugitivo e vagabundo: "Quem é Davi? Quem é esse filho de Jessé? Hoje em dia muitos servos estão fugindo de seus senhores. Por que deveria eu pegar meu pão e minha água e a carne do meu gado que abati para meus tosquiadores, e dá-los a homens que vê, não se sabe de onde?" (25:10-11). O sarcasmo enfurece os mensageiros que voltam as pressas e contam para Davi.
Davi ordena aos homens "Peguem suas espadas!" (25:12). Olhos fixos e narinas dilatadas de 400 homens com a testosterona a flor da pele partem contra Nabal e Davi diz "Que Deus castigue Davi, e que o faça com muita severidade, caso até a manhã eu deixe vivo um só homem de todos que pertencem a Nabal!" (25:22)
Abigail, esposa de Nabal, aparece no caminho, enquanto ele é rude e mesquinho, ela é inteligente e bonita (25:36). Quando ela fica sabendo da resposta de Nabal, sem falar nada com o marido, ela ajunta presentes e corre para interceptar Davi, que desce um desfiladeiro com seus homens e ela assume sua posição munida de "200 pães, 2 vasilhas de vinho, 5 ovelhas preparadas, 5 medidas de grãos torrados, 100 bolos de uva passas e 200 bolos de figos prensados, carregados em jumento"(25:18). Abigail não é boba, ela é bonita e cozinha bem, 400 homens puxam as rédeas dos cavalos ao vê-la, uns boquiabertos com a beleza, outros com a comida. Abigail aparece como a ultima barreira entre sua família e servos e a morte certa, caindo aos pés de Davi, ela faz um apelo "Meu senhor a culpa é toda minha. Por favor, permita que tua serva te fale; ouve o que ela tem a dizer" (25:24).
Ela não defende Nabal, mas pede perdão, aceitando a culpa quando não merece ser culpada de nada, oferece seus presentes e insiste para Devi deixar Nabal nas mãos de Deus e evite o peso morto do remorso (25:28).
Palavras de Abigail - 25:32-35
Davi volta ao acampamento e Abigail para Nabal, o encontra bêbado e na manhã seguinte conta o que aconteceu. Cerca de 10 dias depois o SENHOR feriu a Nabal e ele morreu (25:37-38)
A mansidão e a delicadeza reverteu um rio de raiva, a humildade tem tal poder, desculpas podem desarmar discussões, gestos de paz fazem bem.
Abigail viveu 1.000 anos antes de Jesus mas o prefigura nesta história.
Jesus permitiu que o céu o castigasse pelos nossos pecados,
Abigail desviou a raiva de Davi, Cristo desviou a ira de Deus.
Abigail foi a mediadora entre Davi e Nabal, Jesus é o mediador entre nós e Deus.
Jesus levou sobre Ele nossas dores e pecados.
Abra seu coração, O receba como único Senhor e Salvador.
Graça e Paz!

2 comentários: